INTEGRAÇÃO COM AGENTES DA REDE DE COLABORAÇÃO PARA INOVAÇÃO DE PRODUTOS: UMA INVESTIGAÇÃO EM PMES DO PARANÁ

Suzana Regina Moro, Aldo Braghini Júnior, Yslene Rocha Kachba

Resumo


A integração com agentes da rede de colaboração para o desenvolvimento de inovações de produtos pode auxiliar as organizações na identificação de novas oportunidades, nichos de mercado locais e necessidades não atendidas dos clientes, contribuindo para a redução de custos no processo e melhorando a assertividade dos produtos desenvolvidos. Contudo, a integração é altamente influenciada por diversos fatores culturais, restrições e particularidades de cada setor e mercado para o qual a empresa desenvolve seus produtos. Analisando o contexto de empresas de pequeno e médio porte do interior do estado do Paraná, o objetivo deste artigo é verificar quais as integrações com agentes da rede de colaboração da empresa que são mais utilizadas e quais relações podem ser percebidas entre estas e com o porte, a idade da empresa, a quantidade de inovações desenvolvidas e o tempo médio de duração dos projetos de produtos. Percebe-se que empresas que adotam práticas de integração com um dos agentes da cadeia de suprimentos tendem a adotar também integração com os demais agentes. Além disso, a integração com clientes e com terceiros tende a tornar mais demorado o projeto de produtos.

Palavras-chave


Inovação de produtos. Desenvolvimento de novos produtos. Integração com agentes da rede colaborativa. Redes de colaboração local.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


LAJBM está indexada em:

   

 

ISSN: 2178-4833