TV REGIONAL E DESENVOLVIMENTO: A ESTRUTURAÇÃO DAS EMISSORAS DE TV ABERTA NA REGIÃO METROPOLITANA DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE E SUA RELAÇÃO COM A COBERTURA LOCAL

Rosimara de Cássia da Silva Batista, Monica Franci Carniello

Resumo


Entre os veículos de massa, a televisão, mesmo com o avanço da internet, ainda está entre os mais acessados, e com grande poder de influência, como apontam pesquisas recentes sobre hábitos de consumo de mídia da população brasileira. Diante dessa realidade, torna-se pertinente compreender como as emissoras comerciais de TV aberta se articulam para contribuir com o desenvolvimento de uma região. Nas coberturas jornalísticas, a regionalização dos conteúdos tende a aproximar o telespectador de sua região, motivando sua participação na busca de avanços e melhorias. O objetivo deste artigo é retomar as discussões sobre a relação entre comunicação e desenvolvimento, a partir de uma análise da representatividade dos municípios da região metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte na cobertura local das três emissoras de TV aberta com concessão pública, instaladas na RMVale. Pautar uma região também exige planejamento e gestão dos departamentos de jornalismo, que nem sempre tem os recursos necessários para executar as coberturas da forma ideal. A partir de um referencial teórico de estudos na área, o método delineia-se como exploratório, bibliográfico, de abordagem qualitativa.

Palavras-chave


Televisão Regional. Desenvolvimento. Gestão de Jornalismo. Território.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


LAJBM está indexada em:

   

 

ISSN: 2178-4833