IMPACTO DO TREINAMENTO NO TRABALHO EM UMA INSTITUIÇÃO FEDERAL DE ENSINO DE SANTA CATARINA

Érica de Souza Mazato, Laura Taysa Espig, Adriana Kroenke

Resumo


Este artigo buscou analisar a relação das variáveis características da clientela, suporte à transferência e apoio organizacional no impacto do treinamento no trabalho, abordado em amplitude, em uma instituição federal de ensino de Santa Catarina. Foram considerados os treinamentos presenciais e à distância realizados pelos servidores técnicos administrativos, entre 2014 e 2017. A amostra da pesquisa foi composta por 294 servidores da instituição. Aplicou-se um questionário adaptado do modelo Impact de Abbad (1999) composto por quatro dimensões. Após coleta os dados foram submetidos ao método Technique for Order Preference by Similarityto Ideal Solution (TOPSIS), visando o grupamento de questões e a aplicação da regressão linear múltipla. Os resultados apontaram que as variáveis antecedentes selecionadas neste estudo explicaram juntas 33% da variabilidade total do impacto do treinamento no trabalho. Concluiu-se que a variável característica da clientela se apresentou como a principal preditora, seguida do suporte à transferência. A variável de suporte organizacional não apresentou influência estatística significativa.

Palavras-chave


Impacto do treinamento no trabalho. Transferência de treinamento. Impacto em amplitude. Instituição Federal de Ensino.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


LAJBM está indexada em:

   

 

ISSN: 2178-4833