ANÁLISE DOS EFEITOS PROPORCIONADOS PELA TRANSFORMAÇÃO DE UMA REDE CONVENCIONAL EM SMART GRID: ESTUDO DE CASO EM UMA CONCESSIONÁRIA DE ENERGIA DO RIO GRANDE DO SUL

Fábio Antonio Sartori Piran, Antonio Marcos Frantz Paniz

Resumo


Neste artigo é abordado o conceito de Redes Inteligentes de energia ou como são denominadas – Smart Grids. Algo que no Brasil encontra-se em estágio embrionário e despontando como conceito inovador para redes de distribuição de energia elétrica, que não apenas conduzem a eletricidade, mas que também podem oferecer aos clientes e concessionárias de energia elétrica, uma gama de novos benefícios. Em países como: Alemanha; Estados Unidos; Finlândia; França; Índia; Itália; Reino Unido já é uma realidade há alguns anos e em diferentes estágios de aplicação. Buscando contribuir neste contexto, o objetivo do artigo é analisar os efeitos proporcionados pela transformação de uma rede convencional de energia elétrica em uma rede do tipo smart grid, considerando o cenário que atualmente encontram-se as redes de energia e demais instalações elétricas que compreendem o parque de atendimento da concessionária estudada. Para cumprir o objetivo proposto foi realizado um estudo de caso em uma concessionaria de energia elétrica no estado do Rio Grande do Sul que está iniciando o processo de transformação de suas redes convencionais para as redes do tipo Smart Grids. Dentre os principais resultados pode-se perceber que o processo para esta transformação além de longo, envolve diretamente diversas áreas de conhecimento que de forma interligada resultam na tecnologia Smart Grid. Também observou-se que se trata de um trabalho que envolve valores expressivos além do longo tempo para total adequação das instalações.

Palavras-chave


Redes Inteligentes; Smart Grids; Distribuidora de Energia Elétrica; Eletricidade; Inovação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


LAJBM está indexada em:

   

 

ISSN: 2178-4833